Notícias

Debate visa unir e valorizar as Engenharias

01/12/2017 13h28 - Atualizado em 07/12/2017 13h05



Valorização da Engenharia é um dos temas mais falados no meio dos profissionais, sabendo disso o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Tocantins (Crea-TO) juntamente com a Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento (CMAD), com apoio da Associação dos Engenheiros Ambientais do Tocantins (AMBTO), da Associação dos Engenheiros Agrônomos do Tocantins (Aeato), e Sindicato dos Engenheiros, Arquitetos e Geólogos do Tocantins (Seageto), ofereceu na noite de ontem, 30, o 1º Ciclo de Debates dos Profissionais da Engenharia do Tocantins.



Participantes
Além do palestrante, especialista em direito ambiental, penal e processo penal, Hércules Jackson, estiveram presentes Conselheiros do Crea-TO, profissionais de diversas engenharias e estudantes.

Após os agradecimentos do Conselheiro, Engenheiro Ambiental, Benjamin Frederico que representou o presidente em exercício, Rafael Marcolino, o mediador do momento Hércules Jackon iniciou com a explanação de alguns assuntos para então abrir para o debate com os profissionais. 



Dentre os temas tratados estavam a importância do consultor técnico ambiental; licenciamento ambiental, que segundo o palestrante é o ponto mais importante dentro do contexto da discussão; importância do Cadastramento Ambiental Rural (CAR); responsabilidades por danos causados ao meio ambiente; dentre tantos outros assuntos colocados por Hércules.



Durante o debate Hércules mostrou que ainda há a Inexistência de uma Lei Federal que regula o Licenciamento Ambiental, sendo assim a possibilidade de problemas é muito maior, o que passa a ser um eventual risco ao meio ambiente. A solução colocada então seria a união de esforços de todas as engenharias.

Segundo a Engenheira Ambiental Eliane Ferreira, o debate foi muito importante e ela espera que aconteçam mais vezes, “trabalhamos muito com licenciamento ambiental, no entanto, muitas vezes não temos a noção da real responsabilidade. E hoje tivemos essa troca de informações que é valiosa”, afirma.

Para o palestrante o momento foi essencial para que os engenheiros pudessem interagir sobre a aplicabilidade das questões ambientais, “no meu ponto de vista o profissional que lida com o meio ambiente é peça fundamental na sustentabilidade” frisou.

 

Veja todas as fotos na nossa FanPage. 

Alyce Milhomem / Ascom Crea-TO