Notícias

Vice-presidente do Crea-TO representou o Conselho na 3ª reunião do Colégio de Presidentes

12/06/2018 15h47 - Atualizado em 12/06/2018 16h40


O presidente do Crea-GO e coordenador do Colégio de Presidentes do Sistema Confea/Crea e Mútua (CP), Eng. Francisco Almeida, recebeu, dos dia 6 a 8 de junho, na Sede do Crea-GO, em Goiânia, o presidente do Confea, Eng. Civ. Joel Krüger; o diretor-presidente em exercício da Caixa de Assistência dos Profissionais do Crea – Mútua, Eng. Civ. Marcelo Morais; o presidente do Crea-SE e vice-coordenador do CP, Eng. Agr. Arício Resende; presidentes de outros 25 Creas e outras autoridades, para a 3ª Reunião Ordinária do Colégio de Presidentes.



O vice-presidente do Crea-TO, Eng. Amb. Rafael Marcolino de Souza participou da reunião representando o Conselho. Entre as outras autoridades presentes, estiveram o vice-presidente do Crea-GO, Eng. Civ. Ricardo Veiga; o diretor-administrativo em exercício da Mútua, Eng. Agr. Ricardo Antônio de Arruda; o diretor-geral da Mútua-GO, Eng. Civ. Roger Pacheco; o conselheiro federal Eng. Ftal. e Seg. Trab. Jackson Luiz Jarzynski; o conselheiro do Crea-GO e coordenador nacional das Câmaras Especializadas de Engenharia Elétrica (CCEEE), Eng. Eletric. Jovanilson Faleiro; o conselheiro goianos Eng. Mec. Paulo Roberto Viana, coordenador da Comissão de Ética Profissional do Crea-GO (CEP); e Eng. Agr. Annibal Margon, coordenador da Câmara Especializada de Agronomia do Crea-GO (CEA).



Na abertura do evento, que tem como um dos seus principais objetivos buscar a unidade de ação no que se refere ao funcionamento de todo o Sistema Confea/Crea, por meio da uniformização de procedimentos, o diretor-presidente da Mútua, Eng. Civ. Marcelo Morais, e o presidente do Confea, Eng. Civ. Joel Krüger, aproveitaram a oportunidade para saudar a todos os presentes e desejar um “bom trabalho nos três dias de atividades”, como destacou Joel.

Por sua vez, o anfitrião Francisco Almeida deu as boas-vindas aos presentes e agradeceu a oportunidade de sediar a 3ª Reunião do Colégio de Presidentes do Sistema Confea/Crea. “É uma satisfação muito grande para Goiás receber o CP, para que possamos dar continuidade às discussões e mudanças que estão sendo propostas para o Sistema Confea/Crea”, afirmou o presidente.

Homenagens – Ainda durante a abertura da reunião do CP em Goiás, os representantes de todos os Creas presentes, o presidente do Confea e os diretores da Mútua nacional e de Goiás, receberam certificado conferindo a cada instituição honraria pelas relevantes contribuições à construção da história do Crea-GO, que neste ano comemora seu Jubileu de Ouro. Os certificados foram entregues, um a um, pelos presidentes do Crea-GO e do Confea, e a coordenadora do Grupo de Trabalho (GT) do Jubileu de Ouro do Crea-GO, conselheira Eng. Civ. e Seg. Trab. Ana Renata Volpini Litfalla.



O presidente do Conselho goiano, Francisco Almeida, também foi homenageado por suas contribuições à construção da história do Crea-GO nos últimos 50 anos, em especial durante seus mandatos como presidente do Regional, de 2003 a 2008 e de 2015 até o momento. Francisco recebeu seu certificado das mãos de Joel Krüger, Ana Renata Litfalla e do 1º vice-presidente do Crea-GO, Eng. Civ. Ricardo Veiga.

Em seu discurso, a coordenadora do GT do Jubileu de Ouro destacou que a comemoração dos 50 anos do Crea-GO coincide “com um momento de grandes inovações para o Conselho, como a reestruturação e modernização na forma de fiscalizar; a busca pela aproximação entre o Crea e o profissional; implantação de tecnologias que possibilitaram serviços online, trazendo agilidade ao atendimento, entre outras iniciativas que atribuíram credibilidade ao Regional”.

Ana Renata ainda agradeceu aos homenageados. “Não teria como falarmos da história do conselho sem falarmos do atual presidente, Francisco Almeida, que em seu quarto mandato carrega uma trajetória com inúmeras transformações que buscam a valorização profissional e o respeito que a área tecnológica merece. Quero estender meus agradecimentos aos demais Creas, representados aqui por seus presidentes, pelas contribuições ao longo dos últimos 50 anos. Não escrevemos nossa história sozinhos e somos gratos pelas parcerias e trocas de experiências que cada um deixou como legado para o Crea-GO”, finalizou.

Palestras – O primeiro dia de evento também foi marcado pela palestra do diretor da Associação dos Empregados de Furnas (Asef), Eng. Eletric. Felipe Chaves, que falou aos representantes do Sistema sobre os “Impactos da privatização da Eletrobras na soberania e na Engenharia do Brasil”. Em sua fala, o engenheiro tratou sobre o processo de privatização da Eletrobras; como o projeto foi desenvolvido; e as razões que levaram o Governo Federal a propor esse projeto. “Durante a palestra, abordei os impactos que uma possível privatização poderia ocasionar ao país, à Engenharia, à Ciência e Tecnologia e às pesquisas em desenvolvimento no Brasil, além dos possíveis efeitos nas tarifas”, explicou.




O líder da Área de Gestão de Convênios da Fiscalização, Eng. Contr. Autom. Roger Barcellos, apresentou o “Modelo de Fiscalização Sustentável” do Conselho goiano, realizado por meio da Plataforma ArcGIS, com base nas informações à quais o Crea-GO tem acesso a partir dos acordos de cooperação técnica firmados com diversos órgãos das esferas municipal, estadual e federal com exercício em Goiás.


Discussões – Outras discussões de assuntos inerentes ao Sistema Confea/Crea e Mútua estão previstas na pauta da 3ª Reunião do CP em 2018 para os três dias de encontro. Entre os assuntos, estão: informes sobre a 75ª Semana Oficial da Engenharia e da Agronomia (Soea), que será realizada de 21 a 24 de agosto, em Maceió-AL; melhorias tecnológicas de todo o Sistema; a criação do Conselho dos Técnicos; contrato entre Confea, Creas e a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT); fiscalização em hospitais e clínicas; e outros.


Fonte: Crea-GO 
(Fotos: Cristiano Borges)