Notícias

Paulo Guimarães é reeleito pelo plenário do Confea para a presidência da Mútua

04/07/2018 15h34 - Atualizado em 04/07/2018 15h46



Paulo Guimarães permanecerá à frente da Caixa de Assistência dos Profissionais do Crea (Mútua) por mais três anos. O plenário do Confea elegeu o eng. civ. Juares Samaniego e o eng. agr. Cláudio Calheiros também nesta terça-feira (3) para integrar a Diretoria Executiva, já composta pela eng. agr. Giucelia Figueiredo e o eng. civ. Jorge Silveira. Esses foram escolhidos pelos presidentes de Creas no mês passado. Paulo manifestou-se como candidato único à presidência da Mutua, candidatura que foi ratificada pelos votos dos conselheiros e consta da Deliberação 44/18 da Comissão Eleitoral Federal.

Guimarães disse que tem como objetivo fortalecer os projetos que reforçam o papel da Mútua enquanto braço assistencial do Sistema, além de parcerias com os Creas e o Confea. “A recolocação profissional, a capacitação, a qualificação dos nossos associados para que estejam sempre aptos para a sociedade e o mercado de trabalho também estão entre as nossas metas”, disse o diretor-presidente reeleito.



Após o resultado dos diretores eleitos, Cláudio Calheiros reforçou a importância de voltar à Mútua, onde já foi presidente. “Vamos analisar todas as propostas de modo que a diretoria executiva junto com as Caixas Regionais, Confea, Creas e Colégio de Presidentes possam fazer um programa único para que a Mútua possa a atingir seu objetivo e atender os profissionais”. Já o diretor eleito Juares Silveira Samaniego afirmou que um de seus projetos é que parte da receita da Mútua – que é oriunda da ART - seja reinvestida nos Creas via Prodesu. “Outro projeto é a questão da administradora de saúde. A ideia é que possamos oferecer ao profissional um plano de saúde de qualidade mais acessível”, disse Samaniego.



Sobre a eleição
Os diretores da Mútua foram eleitos no dia 28 de junho pelo Colégio de Presidentes do Sistema Confea/Crea e Mútua (dois membros) e pelo Plenário do Confea (três membros) neste 3 de julho. Dentre os cinco eleitos, o Federal elegeu, ainda, o diretor-presidente da Mútua.
Com duração de três anos, o mandato dos Diretores Executivos terá início em 24 de agosto próximo - quando tomam posse durante a sessão plenária extraordinária federal a ser realizada durante a 75ª Semana Oficial da Engenharia e da Agronomia (Soea), em Maceió (AL) -, e termina na mesma data de 2021. 

                                                                     ÁLBUM DE FOTOS
Fonte: Equipe de comunicação do Confea