Notícias

Equipes se reúnem para alinhar questões da 76º Semana Oficial da Engenharia e da Agronomia

21/09/2018 17h33 - Atualizado em 21/09/2018 17h41

As equipes do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea) e do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Tocantins (Crea- TO) reuniram-se nesta quinta-feira (20), em Palmas, para discutirem as pautas referentes a Semana Oficial da Engenharia e da Agronomia (Soea). Houve ainda visitas técnicas nos possíveis locais de realização da 76º Soea, evento que ocorrerá no próximo ano na capital do Tocantins.




De acordo com o presidente do Confea, Eng. Civ. Joel Krüger, está consolidada a 76º Soea na cidade de Palmas. “Viemos avaliar aspectos técnicos e ficamos satisfeitos com as informações relativas a capacidade da rede hoteleira e de restaurantes. Já temos uma pré-data e agora vamos definir os próximos passos, tendo em vista que teremos também junto a Soea, o Congresso Técnico Científico da Engenharia e da Agronomia (Contecc) que também é um evento grande”, afirma.

O presidente do Crea- TO, Eng. Civ. Marcelo Costa Maia, destacou a importância da Soea para a economia e aos profissionais do Estado e frisou a atuação do Crea na execução da 76º Soea. “Esperamos um público de mais de 4 mil pessoas, incluindo profissionais de vários estados do país. O Crea Tocantins está forte na preparação desse evento que movimentará a economia local ao mesmo tempo que fomentará o turismo”, destaca.

Participações

Além das equipes dos Creas e Confea, estiveram presentes os representantes da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), Ana Paula Setti; da Associação Brasileira de Indústrias de Hotéis ( ABIH), Marcos Koche e da Convention & Visitors Bureau (CVB), Ilza Corrêa.

Soea

Anualmente, engenheiros, agrônomos, meteorologistas, geólogos, geógrafos e tecnólogos, dos quatro cantos do país, se reúnem para debater temas diretamente ligados ao desenvolvimento e à infraestrutura brasileira. É a Semana Oficial da Engenharia e da Agronomia. O evento reúne mais de três mil pessoas e é um dos maiores da área tecnológica do Brasil.